9 perguntas importantes ao escolher um fornecedor de data center

Tempo de leitura:

‘O barato pode sair caro’. Com certeza você já ouviu falar desse ditado popular e sabe o quanto ele pode ser verdadeiro — seja na vida pessoal ou profissional. Nesse segundo caso, principalmente, as consequências podem ser desastrosas para a estabilidade e os cofres da empresa.

Assim, escolher os melhores fornecedores é fundamental, seja qual for o tipo de serviço. E a preocupação precisa ser redobrada quando se trata de data center.

Você já decidiu que o melhor para a empresa é migrar para uma infraestrutura de colocation. Essa ação vai transformar o CAPEX (Capital Expenditure), despesas com a sua infraestrutura atual de data center in house, em OPEX (Operational Expenditure), modelo onde se contrata nos melhores fornecedores de data centers o espaço necessário para a instalação e a operação da sua infraestrutura de TI.

Mas para aproveitar a oportunidade de investir em OPEX, e obter benefícios de um bom fornecedor de data center colocation, é preciso escolher o fornecedor certo.
Tudo bem que sua área de TI (Tecnologia da Informação) vai participar dessa avaliação, mas é importante que você como CFO (Chief Financial Officer) também saiba o que “cobrar” do seu potencial fornecedor.

Veja neste post como fazer isso!

Atenção ao escolher um fornecedor de data center

‘Seguro morreu de velho’, segundo a sabedoria antiga. E como trabalhar com a sorte não é uma opção, é necessário resguardar-se ao máximo. O importante é saber que é preciso ter à disposição uma infraestrutura segura, redundante e que esteja sempre à disposição, sem falhas.

O processo de seleção do melhor fornecedor de data center não é simples e detalhes fazem a diferença. Seguem abaixo 9 perguntas fundamentais que devem ser feitas aos fornecedores candidatos.

1. Como o data center pode ajudar o meu negócio?

O foco na seleção precisa ser tanto na capacidade da fornecedora em prestar o melhor serviço como também na possibilidade de suportar novas oportunidades de negócios para a sua companhia. A resposta para essa pergunta será determinante na escolha.

2. Quais são os serviços oferecidos pelo data center?

Essa questão é fundamental para saber exatamente qual o core business dos fornecedores de data center. O ideal é que ele seja especializado no serviço de colocation, o que garante que a expertise da equipe responsável será a melhor possível.

Outro diferencial importante dos melhores data centers é contar com espaços corporativos como salas de comando, NOC (Network Operations Center), escritórios e salas de reunião. Espaços que podem inclusive serem personalizados com identidade visual da sua empresa.

3. Qual é a idade do data center?

Você sabe bem o quanto a tecnologia evolui rápido. Dessa maneira, quanto mais nova for a construção do data center, maior a possibilidade de sua infraestrutura ser o estado da arte nos quesitos modernidade, segurança e escalabilidade.

4. Onde o data center fica localizado?

A localização geográfica do data center é outro fator de extrema importância. Ele não deve ser instalado dentro da cidade por conta da deficiência na oferta de energia, mobilidade e segurança, mas também não pode ficar tão longe da sede da sua empresa, precisa ter fácil acesso às principais rodovias e baixa latência de telecomunicação. Um data center longe da sua sede faz sentido se os seus clientes ou tecnologia a ser utilizada estão próximos ou dentro do data center. Analisar a localização quanto ao acesso de não autorizados, risco de inundação, proximidade com posto de combustível, proximidade com helipontos ou mesmo rota de avião são exemplos de pontos a serem considerados.

5. Como é a infraestrutura?

No quesito infraestrutura mora um grande perigo. E é onde o barato sai caro, já que qualquer falha pode significar uma perda financeira. É necessário prestar muita atenção às condições das instalações, organização, limpeza, às fontes e disponibilidade de energia, quais os tipos de climatização utilizados e uma conectividade de rede robusta. Ter redundância é essencial na definição do melhor data center. É necessário ter tudo duplicado. Se uma estrutura falhar não há tempo hábil para queda: a outra entra em ação.
A melhor e mais eficiente maneira é visitar o data center! 

6. Como é a operação, suporte e certificação?

O ideal é que a operação seja administrada por uma equipe própria e especializada. Já o atendimento tem que ter abordagem proativa, com eficiência e rapidez na instalação e manutenção dos ambientes. O time de suporte tanto on-site como remoto precisa estar disponível 24 x 7 x 365. 

7. O que acontece em uma tentativa de invasão ou princípio de incêndio no local?

O data center precisa ser tão seguro quanto o Fort Knox. Seu acesso só pode ser feito por pessoas credenciadas e aprovadas previamente. E mesmo dentro dessa estrutura é necessário ter diversos outros checkpoints.

Já quanto à prevenção de incêndios, é necessário contar com sistemas de identificação e combate utilizando gás inerte. Tudo para não afetar os equipamentos.

8. Quais são os ‘custos escondidos’?

É importante saber o que está incluso desde o primeiro dia. Quanto custa cada serviço, quais estão inclusos no contrato, o que não é coberto e como é realizada a cobrança.

9. É possível conversar com outros clientes?

Os melhores fornecedores de data center não tem nada a esconder. Eles indicam clientes com quem você pode conversar e saber, na prática, o real compromisso dessa empresa.

Por que escolher a ODATA?

Agora vamos falar um pouco da ODATA, um dos melhores e mais modernos fornecedores de data center colocation na América Latina. A empresa nasceu em 2015 oferecendo colocation para abrigar infraestrutura de TI Conta com as mais exigentes certificações do mercado, como a Tier III do Uptime Institute Design e Facility, pioneiro na certificação do LEED Gold do US Green Building Council na América Latina, baseado em ideais verdes e na comunidade, certificado em ISO 9001, ISO 20000-1, ISO 27001.

Sua operação garante a disponibilidade total para o seu negócio: entradas redundantes de telecomunicação, SDN, geradores e UPS de última geração, fonte redundante de energia, uma subestação própria que garante não só uma energia estável como capacidade de crescimento futuro, além de máxima segurança física e lógica. 

Se você quiser saber mais sobre a ODATA, entre em contato conosco. E continue acompanhando nosso blog para saber mais sobre as melhores opções de investimento em data center para sua empresa.

Comentários

Assine a newsletter