Colocation: essa pode ser a solução para seus desafios com data center

Tempo de leitura:

"Essa área de infraestrutura e operações de data center é muito crítica e precisa estar sempre preparada para atender as demandas da área de cada negócio". A afirmação foi feita por Henrique Cecci, diretor de pesquisa do Gartner. E já faz tempo, foi em 2014. E quando se trata de tecnologia, poucos anos fazem muita diferença.

Um dos primeiros passos indicados pelo especialista para que as empresas se mantenham atualizadas é que elas comecem a implantar tecnologias mais eficientes em processamento, memória e energia. "Data centers são ambientes complexos, formados por vários equipamentos e vários elementos com diferentes ciclos de vida", comentou Cecci.

São servidores, racks, cages, roteadores, switches, entre outros, que precisam estar em perfeita harmonia para garantir alta disponibilidade dos sistemas. Além disso, o espaço físico para equipamentos de TI no data center precisa seguir regras muito rígidas de infraestrutura e de fornecimento de serviços.

Baixe o e-book!

Agora vamos falar da sua empresa. Ela pode ser uma indústria, um varejista, uma consultoria ou quem sabe uma companhia do setor de tecnologia. Se seu core business não é infra de data center, o ideal é contar com uma empresa especializada para fornecer esses serviços para você, porque os requisitos a serem contemplados por um bom data center realmente são muitos.

Claro, você pode optar por ampliar seus investimentos em CAPEX (Capital Expenditure) e construir ou evoluir seu espaço físico próprio para equipamentos de TI. Mas não será fácil garantir toda a segurança, escalabilidade e disponibilidade que o mercado e os negócios exigem.

Por isso, optar por OPEX (Operational Expenditure) com um data center em colocation pode ser a melhor opção para resolver seu problema.

Confira por que o colocation, dentre os demais tipos de data center, deve ser a sua escolha.

Colocation: espaço físico para equipamentos de TI sem complicação

No modelo de data center em colocation, a empresa vai continuar com seus equipamentos, máquinas e servidores. O colocation provê espaço físico, refrigeração, energia, internet e a segurança física. Você mantém o foco no seu negócio, enquanto uma empresa que entende de infraestrutura e das exigências de um data center moderno cuida do resto.

Ah, mas você está movimentando sua empresa para cloud computing e já tem toda infraestrutura na nuvem. Tudo bem, o colocation pode ser uma opção para redundância. Assim há a segurança de que, se algo acontecer com seus serviços em nuvem, você tenha o “plano B” no colocation.

Já se sua empresa aprovou junto à área de TI (Tecnologia da Informação) um refresh do parque tecnológico, que tal considerar a mudança do parque atual estabelecido para um ambiente colocation? Assim suas preocupações ficam voltadas aos equipamentos, enquanto seu fornecedor cuida da infraestrutura.

Descomplique!

Imagine que você pode - respeitando planejamento e critérios de segurança para moving - levar seus equipamentos de TI para um lugar preparado especialmente para recebê-los. E colocá-los em operação sem se preocupar com energia elétrica ou conexão. Sua empresa vai colocar toda a sua infraestrutura de TI em um espaço físico preparado com o que há de mais moderno e para a escalabilidade de acordo com a demanda do seu negócio.

Você pode ter uma sala, cages compostos por uma rede de racks - que funcionam como armários - onde os servidores são acomodados. Não importa o tamanho do espaço alugado, ele estará todo preparado para conectar seus equipamentos, responsáveis pela armazenagem e processamento dos seus dados à rede da internet externa. Pontos de energia e cabeamento estão todos prontos e bem distribuídos. É só conectar.

Espaço físico para servidores e infra da ODATA

Quando falamos em não se preocupar com infra, a questão não está ligada apenas à acomodação dos equipamentos. Está relacionada também à manutenção do funcionamento do ambiente com total segurança. Então você também não precisa se preocupar com:

1. Sistemas de geração de energia elétrica. O colocation fornece:

  • Conexões com linhas de distribuição de alta tensão para receber energia elétrica em quantidade.
  • Energia de PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas).
  • Nobreaks, que deve ser de grande porte (UPS) .
  • Geradores de energia a diesel.

2. Sistemas de climatização. A temperatura no espaço físico dos equipamentos de TI é muito alta. Um colocation nativo resolve essa questão com:

  • Grandes chillers - resfriadores de água - que mantêm a temperatura ideal constante nas salas.
  • Tanques de termoacumulação para manter um pulmão de água gelada para apoiar os chillers.
  • Equipamentos de ar condicionado de precisão, os CRAC – Computer Room Air Conditioning.

3. Segurança. Seja na prevenção de incêndio, ou no acesso aos espaços, o colocation conta com:

  • Sistemas avançados de detecção de incêndio, com monitoramento nas partículas de ar.
  • No combate ao incêndio, é utilizado sistema de supressão a gás.
  • Vigilância 24 horas, com espaços físicos blindados e equipe de segurança treinada.
  • Locais monitorados e condicionados a cartão de acesso e identificação por leitor de digital.

Todos esses são requisitos que confirmam que contar com data center em colocation vai garantir que você tenha a melhor infra. A ODATA, por exemplo, possui certificações Tier III do Uptime Institute, o LEED Gold do US Green Building Council e as certificações SO 9001:2015, ISO/IEC 27001:2013 e ISO/IEC 20000-1:2011 que comprovam a seriedade e competência da empresa neste serviço.

E se você está pensando no custo do processo de transferência e do colocation lembre-se do ROI (Retorno sobre Investimento). O menor investimento nem sempre é o melhor, principalmente a longo prazo. 

Parafraseando a operadora de cartões de crédito, certas coisas não têm preço, como a segurança dos seus dados e da sua operação, assim como a garantia de focar no seu negócio com o apoio de fornecedores competentes.

Nós já mostramos aqui no blog 7 razões para mudar para colocation. Agora, queremos convidar você a visitar um data center colocation. Essa é a melhor forma de avaliar o seu potencial fornecedor e garantir que ele realmente nasceu para ofertar colocation com foco e qualidade. Fale com a ODATA!

Comentários

Assine a newsletter