A necessidade e os benefícios de uma Infraestrutura de TI especializada na área de Educação

Tempo de leitura:

A transformação digital avança exigindo que diversos setores se reinventem, incorporando novas tendências e tecnologias disruptivas. Uma das áreas que vêm se adaptando e conquistando excelentes resultados com novas estratégias é a educação. A modalidade de Ensino a Distância (EAD) tem ganhado escalabilidade graças à tecnologia. 

Essa nova era na educação gera a demanda por conectividade e capacidade computacional em grande escala. Por isso, neste novo momento, é preciso priorizar investimentos da área de TI & Infraestrutura, suportando as demandas do setor.

Segundo o Prof. Dr. José Manuel Moran Costas na entrevista cedida para a Revista Com Censo , essa convergência digital exige mudanças muito mais profundas que afetam a escola em todas as suas dimensões: infraestrutura, projeto pedagógico, formação docente, mobilidade, avaliação.”

Atividades como as avaliações online e o armazenamento de conteúdo exigem que a instituição adquira tecnologia de ponta para garantir estabilidade às plataformas de ensino, acesso aos alunos e a operacionalização dos processos de gestão administrativa e escolar.

Além do crescimento do Ensino a Distância, a infraestrutura de TI pode suportar outras frentes, como por exemplo, a área de Pesquisas que demanda uma capacidade computacional elevada, rígidos níveis de segurança para armazenamento das informações acadêmicas e alta disponibilidade e conectividade dos sistemas.

Daí a importância de pensar também na infraestrutura de TI. Afinal, é ele que irá permitir a guarda e o backup dos dados dos alunos, a entrega das principais atividades e o armazenamento de informações de grande importância para a área de pesquisa. 

Quer saber porque a tecnologia é importante para a educação e como um data center pode dar suporte para a política de ensino? Continue lendo o artigo!

# Porque a capacidade computacional e o Data Center são importantes para a EAD?

Dentre as principais preocupações das instituições de ensino, a gestão do corpo docente e discente é uma delas. No EAD, especialmente, o desafio é ainda maior, porque os alunos, professores e funcionários estão distribuídos em diferentes polos.

Tal estrutura gera grandes volumes de dados relacionados a diferentes processos e acessados a cada segundo. Desde o pagamento de salários a notas e históricos escolares: tudo fica centralizado em um sistema online. 

Neste contexto, garantir alta conectividade com segurança para a operação cotidiana é indispensável. As instituições precisam evitar exposição a qualquer tipo de risco que comprometa a estabilidade e a disponibilidade do sistema. Já pensou deixar de aplicar uma avaliação bimestral para todos os alunos da rede porque a plataforma ficou inacessível? Uma situação como essa gera transtorno para todos os envolvidos e, claro, impacta na satisfação dos alunos.

Por isso, é tão importante ter uma infraestrutura de TI em um ambiente controlado, com alta disponibilidade e rápida transmissão de informações. Sem investir em tecnologia de ponta podem acontecer um downtime, por exemplo. 

E as consequências seriam desastrosas: a instituição pode ter vulnerabilidade em processos como o armazenamento de conteúdo e de dados, comprometendo a segurança da informação. Melhor não correr esse tipo de risco.

# As principais vantagens de investir em uma infraestrutura de Data Center 

Diante do desafio de oferecer as melhores condições e recursos para seus alunos, a instituições de ensino precisam tomar como prioridade o investimento em algumas áreas. Para aquelas que oferecem cursos na modalidade EAD, a área de TI é uma das mais estratégicas para o sucesso das operações. 

Veja, a seguir, boas razões para investir em data center e infraestrutura na educação

Popularização da educação a distância: com o aumento do número de cursos e alunos na educação a distância, a necessidade de uma infraestrutura de TI de ponta fica ainda mais evidente. Isso porque cresce a demanda de banda, capacidade, escalabilidade e disponibilidade dos sistemas.

Foco no core business: quando a instituição de ensino opta por terceirizar a infraestrutura de TI, ela entrega as preocupações e os processos de tecnologia para o parceiro contratado. Ou seja, ganha mais tempo e energia para se dedicar e investir no core business da instituição, sem perder o foco com outras questões.

Economia: você pode até pensar que não, mas manter uma infraestrutura de de TI própria implica em altos custos, demandando mão de obra e ambiente especializado. Ao contratar o serviço, a instituição economiza recursos e conta com a certeza de ter um parceiro com expertise na área.

Sistemas de avaliação: mesmo as institucionais de ensino que mantêm o regime presencial já começam a implantar algumas atividades nas plataformas de EAD. O uso de sistemas de avaliação online, por exemplo, é cada vez mais crescente. Portanto, é fundamental ter infraestrutura em data center para garantir o acesso e o backup desse tipo de documento.

Parceria para infraestrutura na educação

Sabendo de todos os benefícios de ter um prestador de serviço especialista em data center, o ideal é que a instituição de ensino busque pelo melhor. Vale avaliar, por exemplo, a experiência da empresa no atendimento aos clientes do setor.

Com alta conectividade e disponibilidade, excelência operacional e padrões rígidos de segurança, a ODATA  oferece uma estrutura de data center diferenciada. Além disso, já atende outros clientes da área da educação. Um dos cases de sucesso da ODATA é uma das maiores universidades da América Latina, que mantém seu ambiente de TI no DC SP01.

Quer experimentar os benefícios de uma infraestrutura de data center? Entre em contato com um consultor ODATA e conheça os benefícios do colocation

 

Comentários

Assine a newsletter